As contas de água que tiverem leitura a partir deste mês de agosto já irão chegar para os consumidores com redução de 25% na tarifa de esgoto, e sem a taxa de conservação de hidrômetro. Isso significa, então, que a conta de uma pessoa que paga a tarifa mínima (consumo de 0 a 15 mil litros) no valor de R$ 49,62 passará a ser de R$ 42,92. A tarifa que corresponde ao serviço de coleta e tratamento do esgoto da cidade é cobrada sobre o valor do consumo da água e, até então, era de 90%. De agora em diante, este percentual passa a ser 65%.

A redução foi possível depois de um estudo de impacto econômico, que mostrou números positivos da gestão com arrecadação e gastos. A diretora do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Fátima Tavares, explicou que quando foi estipulado os 90%, o SAAE estava começando os trabalhos da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE): “Era um desafio, uma obra muito grande, porque estava começando o tratamento de 100% do esgoto da cidade. Ficamos mais de dois anos sem ter nenhum reajuste na conta, obtivemos ótimos resultados da ETE, e agora o estudo mostrou que era possível baixar o valor”, disse a diretora.

Não há comentários para este post

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos marcados com (*) são obrigatórios.

Skip to content