Cadastro no Programa Lei Aldir Blanc se encerra dia 14

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo comunica que o cadastro de trabalhadores da área artística e cultural, para repasse da Lei Aldir Blanc e para outros Projetos da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo repasse da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc se encerram no dia 14 de agosto.
O Projeto de Lei Nº 14.017, DE 29 DE JUNHO DE 2020, foi sancionado pelo presidente, Jair Bolsonaro, no dia 29 de junho deste ano e, de acordo com a CNM (Confederação Nacional do Municípios), serão destinados a Lagoa da Prata o valor de R$ 392.960,62 (trezentos e noventa e dois mil, novecentos e sessenta reais e sessenta e dois centavos) que poderão ser destinados a renda mensal de artistas, a manutenção de espaços artístico-culturais e a promoção de instrumentos, como editais e prêmios.
Os formulários serão analisados e aprovados conforme os requisitos que a lei determina.
Para se cadastrar, preencha o formulário no link abaixo formulários:

Prefeitura anuncia reforma na Praça do Museu

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, dispõe agora o valor de 600 mil reais, para a reforma de todo o complexo que envolve o Museu.
Para as obras de reforma do Casarão do Museu, a Prefeitura já dispunha de R$300 mil de recursos próprios, no entanto, aguarda a finalização do processo judicial, que irá devolver a tutela do imóvel ao município.
Contudo, a Câmara Municipal, por meio da iniciativa da presidente do Legislativo, Josiane Almeida, fez a devolução de mais R$300 mil para a Prefeitura, e esse valor veio direcionado ao Museu, o que permitirá que a Prefeitura inicie a reforma de todo aquele complexo pela praça, que será aplicado em uma completa e moderna reforma paisagística, com área de lazer, acessibilidade, iluminação e segurança de toda a Praça do Museu. Parte das pedras em bom estado do piso que será retirado da Praça da Matriz será reaproveitada e instalada na Praça do Museu.
Segundo Tatau, responsável pela pasta, Joseane, presidente da câmara, ao ser procurada, se demonstrou solidária à proposta de reforma da Praça do Museu, o que de certa forma viabilizou o processo legal da devolução do recurso para este investimento. “Creio que esta praça logo estará sendo reformada, já que o inicio de suas obras não depende de questão jurídica, como o prédio do museu”, disse o secretário.
Em um próximo passo, o Casarão, após a finalização do processo judicial, que deve acontecer em breve, receberá reforma em sua estrutura e telhado, garantindo que, em sua parte externa, seja mantida a mesma estética clássica da época do fundador de Lagoa da Prata. Lembrando que toda a benfeitoria e reforma do complexo do museu terá a aprovação da Associação dos Moradores do Bairro Dona Alexandrina e do Conselho Municipal de Cultura e Patrimônio Histórico.
Skip to content