Avenida do Contorno terá ciclovia

A Avenida do Contorno e o calçadão em volta da Praia Municipal já estão sendo revitalizados. O local, tão frequentado nas manhãs e nos finais de tardes para práticas esportivas, receberá uma moderna iluminação, novas palmeiras e uma ciclovia. Para esta via de ciclistas, serão 2,1 quilômetros de extensão, com 2,5m de largura, começando próximo à Praça de Eventos indo até a nascente da lagoa.

As obras já começaram, e nesta fase inicial está sendo executado o serviço de instalação dos tubos condutores onde irão ser instalados os cabos de energia para os quase 40 novos postes de iluminação. Estes postes, com quase 5 metros de altura, receberão duas luminárias em led de 50 wats cada,  sendo uma direcionada para a avenida onde será delimitada a ciclovia, e  outra iluminará o  passeio, trazendo mais segurança para quem faz as caminhadas. É bom lembrar que a obra trará um novo efeito estético na paisagem urbana entorno da praia, pois além da ciclovia e a novo circuito de iluminação branca, serão ainda replantadas dezenas de palmeiras no local.

É bom deixar claro que a calçada, onde as pessoas utilizam para as caminhadas, não terá nenhuma redução na sua extensão, pois a demarcação da ciclovia será feita na pista da avenida, inclusive os postes serão instalados no meio limite entre passeio e via com iluminação dupla nos dois sentidos. Na ciclovia, serão colocados prismas elevados para que os carros não avancem onde está delimitado, dando mais segurança aos ciclistas.

As obras do CREAS já foram retomadas

As obras da sede própria do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) de Lagoa da Prata foram retomadas e devem ser concluídas até o final deste ano. O prédio está sendo erguido na rua Alagoas, bairro Marília, com área de 265 m2, um investimento de mais de meio milhão de reais.

Planejado para atender especificamente o público da Assistência Social, o projeto possui uma recepção ampla com brinquedoteca, sala administrativa, quatro salas de atendimento, almoxarifado, sala de arquivo, dois banheiros com acessibilidade, banheiros feminino e masculino com 3 sanitários em cada, uma sala multiuso ampla, varanda, depósitos de material de limpeza, gás e de lixo, e estacionamento.

Atualmente o CREAS atende mais de 100 famílias, funcionando na rua Joaquim Gomes Pereira, Centro, em um imóvel alugado pela Prefeitura. Com a sede própria, além de gerar economia para o município, os usuários terão mais comodidade nos atendimentos, pois foi planejado para este fim. Os serviços oferecidos pelo CREAS estão voltados principalmente para as famílias com vínculos interrompidos. Muitas vezes são pessoas que vivenciam violações de direitos, por exemplo, violências física, psicológica e sexual, abandono, trabalho infantil, situação de rua e mendicância.

A construção da sede própria havia sido iniciada no final de 2018, mas ficou paralisada porque a empresa vencedora da licitação abandonou as obras alegando problemas financeiros. Para contratar nova construtora, foi preciso antes realizar todo o processo de encerramento litigioso de contrato com a empresa anterior. Encerrado o processo, foi possível realizar a nova licitação.

Para a secretaria de Assistência Social, Cali Silva, “a construção da sede própria do CREAS consolida a importância da política pública de Assistência Social no município, ao garantir um espaço adequado para o atendimento do público, permitindo a efetivação de seus direitos e melhores condições de trabalho para toda a equipe de profissionais.”

Administração Municipal 2017/2020 – De mãos dadas com o povo!

Um dos acessos mais usados se torna oficialmente rua e está em fase final de pavimentação

A pavimentação da Rua Alexandre Mendes Maciel, a partir do cruzamento com a Rua Isabel de Castro, já está em fase final de conclusão. Este é o trecho que liga a os bairros Paradiso, Santa Eugênia II e Marília ao Centro, pela Rua Bom Despacho, uma obra que trará grandes benefícios para toda a população, principalmente para os moradores e comerciantes da região.

 

Raimunda da Silva Santos

Raimunda da Silva Santos é uma das primeiras moradoras do local. Ela conta que durante décadas a pavimentação foi o anseio das pessoas que moram ou que passam por ali: “Tem mais de 40 anos que eu moro aqui. Antes era considerado um atalho, e quando a gente questionava aos ex-prefeitos porque não arrumavam a rua, eles diziam que enquanto não fosse considerado rua não podiam mexer. Agora no governo do Paulinho ele conseguiu essa tarefa, e para nós foi um benefício muito grande. A gente agradece a essa administração por ter se preocupado com isso, por ter lutado pra fazer esse trabalho acontecer”, disse.

 

 

Reginaldo Oliveira Mesquita

O empresário Reginaldo Oliveira Mesquita, proprietário de uma oficina de lanternagem localizada no cruzamento da Rua Isabel de Castro com Alexandre Mendes Maciel, relata as dificuldades e transtornos que a poeira trazia para seus negócios e se alegra em ver que este problema está sendo resolvido com a chegada do asfalto: “Era muita poeira, a questão de colocar o carro aqui dificultava, cerca de dois dias já ficava sem condições de entregar para o cliente. O asfalto agora vai melhorar bastante, teremos muito mais qualidade”.

 

A atual administração municipal está fazendo um investimento de peso em pavimentação, desde a primeira gestão deste governo (2013/2016), para que todos os bairros do nosso município recebam as benfeitorias. Até o final de 2020 serão cerca de 30 quilômetros de pavimentação, sem contar as obras de recapeamento.

Skip to content