Conferência Municipal de Esportes

A Secretaria Municipal de Esportes realizou a 2ª Conferência Municipal de Esportes, na tarde do dia 25 de julho. O evento aconteceu no Teatro Fausto Rezende e teve como tema “A importância do esporte na formação do cidadão”.

Mais de cem pessoas compareceram para as discussões e proposições sobre fomentação e melhorias no esporte em Lagoa da Prata. Dentre os participantes estavam professores de Educação Física; conselheiros municipais de Esportes; representantes de clubes e associações esportivas; equipes de futebol amador e a imprensa esportiva.

O renomado treinador e professor de Educação Física Fernando de Oliveira, da Universidade Federal de Lavras ministrou uma palestra sobre o tema escolhido para a conferência. Ele desenvolveu projetos importantes junto com a prefeitura de Lavras, e seu trabalho é reconhecido nacionalmente.

CRAS e Serviço de Convivência promovem campanha antidrogas

 

O  Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)  de Lagoa da Prata promovem neste mês de julho um trabalho de prevenção combate ao uso de drogas, voltado para crianças a partir de 6 anos de idade até jovens de 18 anos. O tema da campanha é “Quem se informa não usa drogas”, com ações que já estão acontecendo através de discussões e cartazes, principalmente nas instituições que assistem pessoas em situação de vulnerabilidade social.

No dia 24 de julho, a policial cabo Rosali Mendonça, atuante no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), ministrou palestras em dois turnos, às 8h e às 14h, na quadra do SCFV (rua Maranhão, 120). Participaram crianças e adolescentes das associações Sara Aparecida e Francisco de Assis, da Amavi, do SCVF, os jovens aprendizes da Rede Cidadã, e as famílias assistidas pelo CRAS.

No dia 25 de julho, o ponto de encontro foi na Praça da Matriz São Carlos Borromeu, e esses jovens saírem em passeata pelas principais vias do Centro da cidade. De acordo com Márcia Cristina, o objetivo da campanha é levantar uma discussão para que a sociedade possa ouvir os adolescentes e saber o que eles têm de informações sobre esse assunto. “O tema da campanha ‘Quem se informa não usa drogas’ é justamente porque acreditamos que podemos trabalhar com informações para combater os problemas sociais causados pelo uso abusivo de drogas lícitas e ilícitas”, disse.

Franciara Castro, coordenadora do SCFV, também está envolvida na organização da campanha. Ela conta que o  motivo deste trabalho  atingir crianças a partir de 6 anos é porque, infelizmente, são muitas as situações de famílias utilizando drogas perto dos filhos.  “Precisamos iniciar a prevenção com as crianças, porque elas estão sendo muito expostas ao risco. Durante as nossas abordagens sociais fica claro que muitas pessoas tiveram início da dependência química por conta do envolvimento com usuários de drogas na própria família”.

Direitos do idoso em debate

A 2ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Lagoa da Prata foi realizada no último dia 28, com o tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”. O evento aconteceu no Teatro Fausto Rezende, onde cerca de 200 pessoas participaram das discussões, inclusive da votação e aprovação do Regimento Interno e novos membros do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI).

O principal objetivo do encontro foi reunir representantes do governo e da sociedade, especialmente pessoas com mais de 60 anos e seus tutores, para debaterem as prioridades das políticas públicas que refletem nas condições de vida do idoso. Além disso, avaliar o desempenho das ações voltadas a este público, com propostas de avanços e melhorias.

Participou também, como palestrante, o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, dr. Rodrigo Caetano. Ele é doutor em Demografia, mestre em Gerontologia e especialista em Gestão de Redes de Atenção à Saúde, e as suas explicações contribuíram muito para as preposições durante a conferência.

 

Lagoa da Prata tem mais de 4.500 idosos

De acordo com o último censo do IBGE, Lagoa da Prata possui 4.689 pessoas idosas, entre as 3,5 milhões que vivem em Minas Gerais, e 32,5 milhões do Brasil. Este é um quantitativo que, para o dr. Rodrigo, traz um grande desafio de políticas públicas, principalmente na área da Saúde e da Assistência Social: “Hoje o idoso vive mais, a média é de 76 anos, mas sempre temos que fazer a pergunta: ‘viver mais é viver melhor’?  Não, necessariamente, porque esses anos a mais de vida precisam ser acompanhados de boa saúde, boa integração social, entre outras condições de bem-estar e qualidade de vida”, disse o especialista.

Esta foi a segunda vez que o dr. Rodrigo esteve em Lagoa da Prata, e ele aproveitou para elogiar os trabalhos realizados pelo município, em especial a atuação do conselho do Idoso: “Tenho acompanhado o trabalho do Conselho e vejo que ele caminha muito bem, buscando sempre melhorias nos serviços públicos. A cidade oferece atividades importantes para os idosos, inclusive favorecendo a conscientização dos seus direitos. Prova disso é a realização desta conferência, com um número tão expressivo de participantes”, pontuou.

Márcia Cristina é a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Lagoa da Prata. Ela conta que o conselho foi reativado em 2015 e que vem recebendo apoio importante da administração municipal: “Tivemos grandes avanços e conquistas para a melhor idade, e posso dizer que hoje a população idosa de Lagoa da Prata não está descoberta de serviços públicos”, disse ela, citando como exemplo os grupos de convivência e a implementação do Fundo Municipal da Pessoa Idosa (FMPI).

 

Grupos de convivência

Os grupos de convivência fazem parte de trabalhos em conjunto das secretarias municipais de Assistência Social, Esportes e Saúde. São várias atividades ofertadas como ginástica, ioga, massagens terapêuticas, oficinas educativas, etc. Exemplo disso é o Movimento Saúde para a Melhor Idade, da Secretaria Municipal de Esportes, faz o maior sucesso na cidade.

O projeto atende gratuitamente cerca de 300 pessoas em onze núcleos dos bairros da cidade. Além de exercícios físicos, são realizados eventos de lazer, como bailes e viagens, para propiciar recreação e interação social. Podem participar homens e mulheres, basta se inscrever nos núcleos que estão nas casas comunitárias dos bairros, durante as atividades que acontecem nas segundas, quartas e sextas-feiras, de 7 às 8 horas da manhã.

Quanto ao FMPI, é um fundo instituído, em que contribuintes do Imposto de Renda podem deduzir uma parte na declaração para ser doada para programas e ações voltadas às pessoas com mais de 60 anos. Essas contribuições destinadas ao FMPI se transformam em recursos públicos, e sua gestão compete ao Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa.

 

Programa Escola de Esportes

O Programa Escola de Esportes”, da Secretaria Municipal de Esportes, atende crianças e adolescentes de 5 a 17 anos, e já revelou grandes atletas que estão brilhando até mesmo fora do Brasil. O seu principal objetivo é democratizar o acesso à prática e à cultura do Esporte, e assim promover  a formação da cidadania e a melhoria da qualidade de vida dos jovens lagopratenses.

São várias modalidades esportivas, como Futebol, Futsal, Handebol, Vôlei, Basquete, Atletismo e Natação, com turmas em horários matutinos e vespertinos, de segunda a sexta feira. As aulas são oferecidas gratuitamente nos núcleos do programa em todos os bairros da cidade, e contam com profissionais qualificados.  Para aderir, basta preencher um formulário com o professor no próprio local das aulas, no bairro onde o adolescente reside.

Vôlei de Lagoa da Prata é campeão em Morada Nova

Dois times de Lagoa da Prata participaram neste final de semana  do Torneio de Vôlei em Morada Nova De Minas. A equipe “A” lagopratense  foi a grande  campeã, na disputa final com a também lagopratense equipe “B”, por 2 sets a 0. Além de Lagoa da Prata e Morada Nova, estavam nesta competição atletas das seguintes cidades: Divinópolis, com cinco equipes, e Três Marias.

Na semi-final, o time “A” venceu os jogadores de Morada Nova por 2 a 0, e o time “B” tirou a chance de Divinópolis disputar a final.  Os atletas da equipe “A“ são Júlio, Paulo, João Vitor, Thiago e Bernardo; e os da equipe “B” são  Maurício, Romário, Rodrigo, Lucas, Jhun, Marcos Paulo e Lucas.

Começaram os Jogos Mirins de Lagoa da Prata

Começaram, neste sábado (16), os Jogos Mirins de Lagoa da Prata 2019, com a competição de futsal entre o time Araguaia, de Nova Serrana, e a equipe lagopratense Lagoa Futsal. Os jogos irão acontecer durante todo o dia nas quadras do Umuarama Clube e da Praça de Esportes, nas categorias mirim, petiz e infantil. Além de Nova Serrana, neste primeiro dia jogam também times de Japaraíba, Bom Despacho e Santo Antônio do Monte.

Esta é a 13ª. edição da competição, que reúne anualmente cerca de 1.500 atletas, entre 7 e 17 anos de idade, vindos em média de 25 cidades da região. Serão 14 modalidades em categorias mirim, petiz, infantil e juvenil: futsal, natação, vôlei, basquete, handebol, skate, atletismo, mountain bike, xadrez, dama, peteca, tênis de mesa, karatê e jiu-jitsu. As provas vão acontecer na Praça de Esportes e no Complexo de skate e basquete da Praia.

De acordo com a coordenação da secretaria de Esportes, os Jogos Mirins são, atualmente, o principal fator de pontuação para o ICMS Esportivo. Este é um recurso que o governo estadual repassa, conforme os resultados que o município apresenta pelo investimento e incentivo no Esporte. Lagoa da Prata hoje ocupa a 7ª posição dentre todos os municípios de Minas Gerais.

 

Jogos de Verão

 

A Prefeitura, através da Secretaria de Desportos, realizou no último sábado (23) os Jogos de Verão, na Praia Municipal. Eles fazem parte de uma agenda anual de competições em várias categorias esportivas, para atletas amadores ou profissionais. Foi um dia inteiro de esporte e lazer, em nove modalidades – peteca, vôlei 4×4, natação em águas abertas, basquete 3×3, futebol de areia, futevôlei, corrida 5k, skate e yoga.

 

 

Muita saúde e alegria na melhor idade

Hidroginástica Praça de Esportes 240119

Hidroginástica na Praça de Esportes

O Projeto Movimento Saúde para a Melhor Idade, da Secretaria Municipal de Esportes de Lagoa da Prata, faz o maior sucesso na cidade. Ele atende gratuitamente cerca de 300 pessoas em onze núcleos dos bairros da cidade, com atividades de ginástica, terapêuticas, esportivas, de lazer e muita diversão. Além de exercícios físicos, a interação social e convivência entre os participantes é um importante aliado nesta etapa da vida, quando as pessoas de mais idade precisam muito estar inseridas em grupos de amizade e recreação.

Quem participa, garante que o programa traz inúmeros benefícios para o corpo e a mente. Sueli Borges Castro, 62 anos, frequenta o núcleo do bairro Chico Miranda, que funciona no salão comunitário São Vicente de Paula. Ela diz que não perde as aulas, três vezes por semana, e adora quando tem viagens para fazer com o grupo: “Estou no programa desde quando começou, e pra mim é uma maravilha. Eu percebo que quando eu me sinto cansada e vou para o núcleo, eu saio de lá revigorada. Além disso tem os eventos como os bailes e os passeios, tudo muito bom a saúde e autoestima”.

A dona Isabel da Conceição Silva, 63 anos, também frequenta o núcleo do Chico Miranda desde o início. Ela conta que está no grupo de dança Bela Flor e que foram vencedoras de um concurso em Itaúna: “Nós ensaiamos uma coreografia e recentemente fizemos a apresentação no Unidance, em Itaúna. Ganhamos o troféu de primeiro lugar. Também apresentamos na abertura dos Jogos Escolares de Lagoa da Prata. Pra mim é uma alegria participar e convido a todos da melhor idade a entrarem nos grupos”, aconselha.

Podem participar homens e mulheres, basta se inscrever nos núcleos que estão nas casas comunitárias dos bairros. As atividades acontecem nas segundas, quartas e sextas-feiras, de 7 às 8 horas da manhã.

Reforma do vestiário do campo de Martins Guimarães

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desportos, reformou o vestiário do campo de futebol de Martins Guimarães. Para os moradores, o campo é um importante local de lazer, convivência, e, claro, estímulo à prática de esportes.

Gilfar Alves, secretário municipal de Esportes, esteve no local para reafirmar o compromisso do município com os martinenses. Ele foi recebido pelos jogadores do União Martinense, que demostraram alegria e gratidão, como disse o presidente do clube, Jeandre Carlos Oliveira: “Esse campo aqui é muito especial para toda a comunidade, e eu quero agradecer ao Gilfar e ao prefeito Paulinho pelo apoio”.

O apreço pelo campo de futebol também é visível nas palavras do morador Ricardo Henrique: “Meu lazer é aqui, desde a minha infância. Agora meus filhos começam a desfrutar do campo para se inserirem no esporte também. Agradeço à prefeitura por estar investindo em Martins Guimarães, porque, além disso, estou muito feliz com o asfalto que chegou para nós depois de tanto tempo”.

Administração 2017/2020 – De mãos dadas com o povo.

Skip to content