Secretaria de Cultura de Lagoa da Prata inicia cadastro de artistas locais para projetos culturais Programa Emergencial da Lei Aldir Blanc

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo começou, na sexta-feira (10/07) o cadastro de trabalhadores da área artística e cultural para repasse de recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. O Projeto de Lei Nº 14.017, DE 29 DE JUNHO DE 2020, foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 29 de junho deste ano e, de acordo com a CNM (Confederação Nacional do Municípios), serão destinados a Lagoa da Prata o valor de R$ 392.960,62 (trezentos e noventa e dois mil, novecentos e sessenta reais e sessenta e dois centavos) que poderão ser destinados a renda mensal de artistas, a manutenção de espaços artístico-culturais e a promoção de instrumentos, como editais e prêmios.
As últimas tratativas da lei são da publicação no Diário Oficial da União, da MP sobre o assunto no último dia 09, e agora aguarda-se o cronograma oficial de desembolso para estados e municípios, para saber quando esses recursos chegarão a classe cultural e artística.
O benefício é de R$ 600,00 (seiscentos reais) mensais para trabalhadores da área. Já o para espaços culturais, o valor mínimo é de R$ 3.000,00 (três mil reais) e máximo de R$ 10.000,00 (dez mil reais).
Ao contrário do Auxílio Emergencial, os recursos não serão disponibilizados pela Caixa Econômica Federal. A verba será transferida pela União ao município, que fará o repasse aos beneficiários. “Artistas, dentre outros, envolvidos na área cultural de todo país foram muito prejudicados com a pandemia, aqui em Lagoa não foi diferente. A Secretaria Municipal de Cultura, criou uma comissão específica para tratar de assuntos exclusivamente de auxílios emergenciais para área artística e também estuda um projeto com recurso próprio para apoiá-los, porém, este auxílio anunciado pelo governo federal é uma solução a curto prazo”, disse o secretário da pasta Tatau.
Quem pode receber?
Considera-se como trabalhador e trabalhadora da cultura quem participa da cadeia produtiva dos segmentos artísticos e culturais, incluindo artistas, produtores, técnicos, curadores, oficineiros e professores de escolas de arte, exceto bolsa família.
Deve-se ter comprovação de atuação na área nos últimos dois anos. Além disso, não pode ter tido, em 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 (vinte e oito mil, quinhentos e cinquenta e nove reais e setenta centavos).
Quem não pode receber?
Não podem receber aqueles que têm emprego formal ativo e que sejam titulares de benefícios previdenciário ou assistencial e beneficiário do Seguro-Desemprego ou de programa de transferência de renda federal. Aqueles que já recebem o Auxílio Emergencial também não terão acesso ao novo programa.
Quais espaços culturais podem receber?
O benefício será destinado a espaços culturais e artísticos, microempresas e pequenas empresas culturais, organizações culturais comunitárias, cooperativas e instituições culturais com atividades interrompidas, como teatros independentes; escolas de música; dança; capoeira e artes; circos; centros culturais; museus comunitários; espaços de comunidades indígenas ou quilombolas; festas populares; e livrarias.
Quais são os requisitos necessários?
Para estar apto a receber, o trabalhador precisa preencher alguns requisitos:
• Ter trabalhado ou atuado socialmente na área artística nos 24 meses anteriores à data da publicação da lei;
• Não ter emprego formal;
• Não receber outro benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal (com exceção do Bolsa Família);
• Ter renda familiar mensal de até meio salário-mínimo por pessoa ou total de até três salários-mínimos;
• Não ter recebido mais de R$ 28.559,70 (vinte e oito mil, quinhentos e cinquenta e nove reais e setenta centavos) em 2018;
• Não receber auxílio emergencial.
Quantas parcelas do auxílio serão pagas aos artistas?
A lei estabelece o pagamento de três parcelas mensais de R$ 600,00 (seiscentos reais). Os pagamentos se referem aos meses de junho, julho e agosto. Além disso, ela também diz que o auxílio pode ser prorrogado no mesmo prazo de prorrogação do auxílio emergencial. Atualmente, o governo estuda prorrogar o pagamento do auxílio, mas ainda não definiu quantas parcelas e o valor delas.
Os formulários serão analisados e aprovados conforme os requisitos que a lei determina.
Para se cadastrar, preencha o formulário no link abaixo formulários:

Nova iluminação para ciclovia e calçadão na Avenida do Contorno já começa a ser instalada

Teve início, nesta segunda-feira (22-06) a instalação dos primeiros postes, que iluminarão o Calçadão e a primeira Ciclovia de Lagoa da Prata, no entorno da Praia Municipal.
Cerca de 40 postes, com 2 luminárias em Led de 50 watts cada, estão sendo uma direcionada à calçada, usada para caminhadas, e outra focada na ciclovia, que será demarcada e pintada na Avenida do Contorno.
A previsão de entrega da obra completa com pinturas, ciclovia, plantio das palmeiras e iluminação é para os próximos 60 dias.


De acordo com o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Antônio Cláudio (Tatau), “a primeira ciclovia iluminada de nossa cidade, além de modernizar a orla da Praia Municipal, trará grandes benefícios à comunidade, a começar pela segurança de quem pratica esporte naquela região”.
Tatau ressalta ainda que esta obra faz parte de um grande projeto da Prefeitura Municipal de Lagoa da Prata para revitalização da Praia Municipal. “São propostas que estou apresentando, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, que ainda estão em análise para investimento em iluminação interna, novas quadras esportivas, Playground para as crianças e ampliação das academias de ginástica”.

Carnaval 2020 – Diversão e segurança

O Carnaval de Lagoa da Prata, mais uma vez, teve seu formato familiar, com atrações para crianças, jovens e adultos e, este ano, estendendo sua programação até as 22 horas. Os quatro dias de carnaval em Lagoa da Prata e região foram com muita chuva, mas isso não desanimou quem realmente queria se divertir sem sair da nossa cidade.

Como nos outros anos, a Prefeitura Municipal priorizou a segurança dos participantes e de quem trabalhou na festa. O evento contou com o apoio da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, forte equipe de brigadistas e seguranças, que garantiram o bem-estar das pessoas que passaram pela Praça de Eventos e, dentro da Praia Municipal, os salva-vidas contaram com o importante apoio dos militares do Corpo de Bombeiro.

As tardes foram especiais para as crianças, com muitas brincadeiras e espaço kids, além da animação do Grupo Lúdica, que fez a criançada brincar, pular e dançar. Durante todo o Carnaval, o palco esteve sob o comando do locutor e apresentador Wender Silva.

Com uma ampla praça de alimentação, os foliões foram presenteados com apresentações de diversos grupos musicais, sendo dois shows ao vivo todos os dias. As atrações ficaram por conta de Leandro Lopes (Rapazolla), Grupo Jeito Diferente, Rodrigo Bergall, Saullo Morais e Rick e Zezé. Já no formato mais adulto e “retrô”, a Banda Estellatus se apresentou em todos as noites, resgando as tradicionais marchinhas carnavalescas.

 

Administração Municipal 2017/2020 – De mãos dadas com o povo!

Carnaval 2020

O Carnaval de Lagoa da Prata este ano terá algumas pequenas mudanças no seu formato. A principal delas é que serão duas horas a mais de diversão. Do dia 22 ao dia 25 de fevereiro, todas as atrações irão acontecer na Praça de Eventos, começando às duas horas da tarde e finalizando às dez da noite.

Quanto à programação, até as 17h a agenda está voltada para as crianças, com bailinho infantil e muitas brincadeiras. Depois disso, até as 20h, será o Carnaval dos Jovens, com bandas diversificadas. No total a Prefeitura irá contratar seis grupos musicais. A abertura no sábado será o Baile do Pika-Pau, com o Leandro Lopes, artista que comandou os vocais da banda Rapazolla.

Das 20h às 22h será o Carnaval da Família, e o repertório, então, muda para as tradicionais marchinhas de carnaval. Durante todo o dia a Praia Municipal estará aberta exclusivamente para o lazer, ou seja, diferentemente dos anos anteriores, não receberá nenhum show dentro da sua área. Entretanto, a Praia continua com o seu espetáculo natural para proporcionar descanso e tranquilidade.

Está sendo preparada toda uma estrutura para receber os foliões com muita segurança. Haverá reforço policial e reforço nas equipes de bombeiros e salva-vidas. Além disso, o público será vistoriado antes de entrar na área da Praça de Eventos. Serão quatro entradas e ninguém terá acesso se estiver portando algum tipo de material que ofereça risco, inclusive garrafas. Também não será permitido entrar com caixas de isopor ou coolers. Haverá praça de alimentação com alimentos e bebidas à venda.

É importante lembrar que toda a programação foi pensada para promover mais segurança nestes dias de festa. Antigamente, quando o Carnaval era realizado à noite, esta era a data que registrava mais delitos e superlotação na UPA. A mudança, com atrações durante o dia, alcançou importantes resultados: Redução de 90% das ocorrências policiais; Redução de 50% de urgências médicas; Maior participação das famílias e de pessoas com mobilidade reduzida, e Maior aproveitamento do lazer na Praia Municipal.

Antônio Cláudio é o novo secretário de Cultura e Turismo

O Prefeito Municipal de Lagoa da Prata, Paulo Teodoro, reuniu-se com o secretariado da Administração Municipal, na manhã desta quarta-feira (29), para apresentar oficialmente o novo secretário municipal de Cultura e Turismo do município.

Antônio Cláudio, conhecido popularmente por Tatau, toma posse oficialmente para dar continuidade aos trabalhos realizados no que tange cultura, turismo, arte, leitura e eventos.

Em entrevista à imprensa local, Tatau ressaltou a importância da cultura, especificamente em alguns pontos a serem modificados, e destacou o cartão postal de nossa cidade, a Praia Municipal, onde teceu compromissos de honrar o convite desta tão importante pasta pela confiança depositada por Paulo Teodoro.

Administração Municipal 2017/2020
De mãos dadas com o povo.

AFA inaugura sede própria

A Associação Francisco de Assis (AFA) inaugurou no último sábado a sua sede própria, construída na Rua Dom Pedro II do Bairro São José. O local era a antiga quadra do bairro Glória que estava inativa, um terreno com área de 1.400 m2 doado à entidade pela atual administração municipal.

Fundada há mais de quinze anos, a AFA beneficia cerca de 180 crianças que frequentam a sede, entre outros que fazem parte de convênios, com projetos culturais, sociais, educativos e esportivos. O objetivo principal é promover, defender e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes, em especial daqueles que se encontram em situação de risco social.

A nova estrutura possui uma sala administrativa, uma de atendimento, uma para oficinas, almoxarifado, cozinha, refeitório, área de serviço e varanda. Os recursos utilizados na obra foram de doações diversas da população e empresas de Lagoa da Prata, da família da Dona Zazá (fundadores da AFA) e apoio da APAC e do SAAE.

 

 

 

 

 

A instituição se mantém com recursos do Fundo para Infância e Adolescência (FIA), convênios, realização de eventos e doações da comunidade. De acordo com a coordenadora da AFA, Adriana Cristina Ferreira, a construção da sede própria irá facilitar o aprimoramento do atendimento às crianças: “podemos oferecer qualidade e temos a tranquilidade de estar em local próprio e mais seguro”, disse.

Skip to content