O secretário municipal de Meio Ambiente, Lessandro Gabriel da Costa, participou nos dias 11 e 12 de fevereiro de reuniões na Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília-DF. Além de representar o município de Lagoa da Prata, Lessandro  também estava como secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), para alinhamento de ações do Plano da Bacia.

Durante o encontro, foi aprovado o projeto Ribeirão Santana, para Lagoa da Prata, contemplando cercamento de nascentes, barraginhas, adequação de estradas e terraciamento para produtores rurais da região. Estima-se o valor de R$ 1,5 milhão para este projeto, que em breve terá publicação de edital licitatório, com expectativa de contratação para as obras no segundo semestre deste ano.

De acordo com Lessandro, o projeto visa melhoria e conservação do solo para pequenos produtores rurais da região da bacia do Rio Santana: “Este rio é considerado um dos principais afluentes da vertente que é a margem direita do Rio São Francisco. Ele tem um potencial muito grande de armazenamento de água pelos seus pequenos cursos e córregos”, justifica.

O secretário explica que os produtores serão incentivados a cercarem as nascentes, através do programa, ou seja, sem custos, para que eles também atuem na recuperação das nascentes. Os produtores deverão construir barraginhas de contenção das águas pluviais, para melhor acomodação e infiltração delas no solo.

Sobre o encontro, Lessandro disse que aconteceram vários diálogos, inclusive com a presidente da ANA, Christianne Dias, em busca de melhorias para o meio ambiente: “Temos um governo novo e muitas mudanças nos ministérios. O diálogo neste momento é extremamente importante para que possamos fomentar recursos a serem aplicados na bacia hidrográfica da nossa região”.

Não há comentários para este post

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos marcados com (*) são obrigatórios.

Skip to content